Talentos que marcaram a história

Nessa etapa da nossa vida que envolve estudos, tensão pré-vestibular e escolha de curso é sempre bom ter algumas inspirações. Por isso, o post de hoje é dedicado a algumas personalidades com uma inteligência MARAVILHOSA e, diga-se de passagem, com um QI extremamente avançado.

1. O gênio Albert Einstein, autor da teoria da relatividade, que nasceu na Alemanha e revolucionou a física. Seu QI é estimado entre 205 e 225.

Albert Einstein
2. Leonardo Da Vinci, pintor, artista, arquiteto, matemático entre muitas outras coisas. Sua média de QI é de 180 a 220.

Leonardo da Vinci

3. Isaac Newton, físico, matemático inglês e responsável por fazer a física ficar tão presente em nossos estudos. Seu QI varia de 190 a 200.

Isaac Newton

4. William Sidis, que foi uma criança acima do comum, mais conhecido como prodígio, pois, aos 2 anos de idade, já tinha a capacidade de ler o New York Times e escrevia não só em inglês, como em francês, em máquinas de escrever. Aos 9 anos, foi aceito na universidade de Harvard, porém não tinha capacidade emocional para ingressar. Precisou esperar até os 11 anos de idade.  Seu QI é de 200 a 300.

William
5. O astrônomo Nicolau Copérnico, responsável pela descoberta do modelo que colocou o sol, e não a Terra, como o centro do universo; Seu QI é estimado de 160 a 200.

Nicolau
Vale ressaltar que a ‘culpa’ de toda essa lista é do engenheiro eletroquímico americano Libb Thims, que estuda a genialidade humana  e usou como referência a metodologia Cox, que estima o QI dos trezentos maiores gênios que viveram entre 1450 e 1850. A metodologia foi historicamente determinada através de 1.500 biografias, realizações de vida de cada indivíduo e habilidades reconhecidas na infância. Interessante, não?

Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/educacao/as-dez-pessoas-mais-inteligentes-da-historia/

Comentários