Tudo o que você precisa saber para melhorar sua qualificação profissional

Hoje em dia, o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo. Para se destacar em meio a tantos colegas de profissão, é necessário ter um diferencial. Nesse contexto, entra a qualificação profissional.

Por muitos anos, bastava uma graduação para conseguir boas oportunidades. Mas, para alcançar patamares mais altos na carreira, é preciso investir em cursos e especializações. Dessa maneira, é possível ampliar as suas áreas de conhecimento e fazer com que o seu nome seja reconhecido.

Ficou interessado no assunto? Também acha que precisa ir além para atingir os seus objetivos profissionais? Então, continue a leitura. Neste post falaremos mais sobre carreira e como a qualificação profissional é importante para o alcance de mais sucesso. Confira!

O que significa ter qualificação profissional?

A qualificação profissional ocorre quando o indivíduo aperfeiçoa os seus conhecimentos profissionais. É toda a bagagem que ele carrega das experiências no trabalho e nos cursos que participa. A graduação é um bom exemplo disso.

O mais interessante da qualificação profissional é que ela não tem limites, ou seja, quanto mais conhecimento e prática, mais capacitada a pessoa estará para atuar em suas funções. Isso permitirá que o indivíduo trabalhe em nichos mais específicos do mercado.

Assim, ele pode se realizar profissionalmente e exercer papéis que o satisfaçam. Esse é o caso das especializações, como pós-graduação, doutorado e demais títulos. Outros exemplos são os cursos de línguas, informática, libras e algum outro que possa enriquecer o currículo.

Resumidamente, a qualificação profissional favorece o desenvolvimento de mais profissionais do colaborador. Dessa maneira, a qualificação proporciona maior competência profissional em um prazo menor e mais chances de alcançar o sucesso em sua área de atuação.

Qual é a importância de se qualificar profissionalmente nos dias de hoje?

Muita gente acha que se formar em uma determinada profissão é o suficiente. Todavia o mercado de trabalho tem sinalizado que a competição está cada vez mais acirrada, e quem para no tempo fica para trás. Se você ainda não se convenceu de que a qualificação profissional é importante, veja os motivos pelos quais você precisa aprimorar a sua!

Atualizar os conhecimentos

No mundo moderno, as informações surgem a toda hora. Novas ideias, equipamentos, técnicas, conceitos, opiniões e desafios aparecem quando menos esperamos e com uma frequência que parece ser impossível de acompanhar.

No entanto, quem está atualizado consegue ficar por dentro tudo e usufruir de todas as facilidades que a tecnologia traz para o trabalho. Assim, é preciso buscar formas de atualização, como cursos, workshops, palestras, feiras, colóquios, simpósios e uma infinidade de outros recursos para adquirir conhecimento.

Ser reconhecido

Todo o conhecimento adquirido com os cursos, especializações e eventos é importante para a nossa profissão. No entanto os diplomas recebidos são fundamentais para sermos reconhecidos.

Em uma entrevista de emprego, promoção de cargo, aumento de salário ou bonificação, as empresas consideram, e muito, a formação acadêmica do profissional, juntamente aos fatores comportamentais e experiência prática. Com isso, quem se atualiza sai na frente e recebe vantagens.

Aliás, ter o reconhecimento do seu trabalho é uma satisfação e tanta, não é verdade? E a qualificação profissional pode ajudar bastante. Quanto maior ela é, mais nos sentimos seguros para tomar decisões e atuar de maneira eficiente nas nossas funções. Tudo isso contribui para que as pessoas notem as nossas habilidades e saibam reconhecê-las.

Conhecer pessoas novas

Você já ouviu falar de network? E nada mais é do que uma rede de contatos profissionais que pode ajudar a alavancar a carreira. Sabe aquela história de que um conhecido conseguiu uma vaga incrível para outro? Isso é network. Por meio dele, conseguimos nos conectar a pessoas da nossa área, que podem nos dar oportunidades únicas na vida.

Além disso, fazer novos cursos e participar de eventos relacionados à profissão também gera troca de experiências. As conversas, os trabalhos em equipe e até as horas de descontração são positivas para desenvolver habilidades e enxergar outros pontos de vista.

Superar novos desafios

Ficar na zona de conforto nunca é interessante. Ela atrasa a nossa evolução profissional e nos deixa cada vez mais distantes do sucesso. Solucionar problemas e superar os desafios nos fortalecem. Afinal, isso nos prepara para lidar com diversas condições, principalmente as mais difíceis, e isso é um diferencial no mercado de trabalho.

Quando falamos em qualificação profissional, nos referimos também a todos os percalços que temos que passar para alcançá-la. Desde as provas e os trabalhos dos cursos até a capacidade de administrar o tempo e o orçamento.

Tudo isso é capaz de nos fazer refletir e aprender a resolver questões difíceis da melhor maneira possível, o que é admirável em um profissional.

Redirecionar sua carreira

A sua profissão não é bem o que você pensou? Não está satisfeito com o rumo em que sua carreira está tomando? Então, saiba que se qualificar profissionalmente pode ser uma boa estratégia para realizar o desejo de trabalhar com satisfação.

A qualificação profissional não é somente uma estratégia para quem deseja manter-se no mercado, subir de cargo ou ter um aumento salarial. Também é uma maneira de mudar os planos profissionais, arriscar outros horizontes ou investir em um hobby para ganhar um dinheiro extra.

Algumas pessoas acham que não vale a pena investir em uma capacitação que não seja especificamente da sua área de formação ou atuação. Porém a qualificação profissional sempre desenvolve as suas habilidades, e ter outras visões e campos de conhecimento pode agregar às suas capacidades, sendo mais um ponto positivo para o currículo.

Por que a qualificação profissional é exigência do mercado?

Como dissemos, a competitividade no mercado de trabalho é cada vez mais maior. Com a facilidade na formação acadêmica, o diferencial é o que o colaborador pode oferecer a mais e melhor do que os outros candidatos em uma empresa.

As organizações estão mais exigentes e buscam por profissionais que saibam não apenas exercer uma função, mas que façam com muita excelência. Alguém que é qualificado saberá lidar com as adversidades, estará preparado para novos desafios e poderá contribuir cada vez mais para o crescimento da empresa.

Se você fosse um contratante, qual candidato gostaria como parceiro: o que tem conhecimentos básicos da profissão ou aquele que saiu de sua zona de conforto e buscou se capacitar e adquirir novas competências que poderão ser muito úteis para a corporação? O segundo, não é verdade?

Pensando assim, é mais fácil entender por que o mercado de trabalho está cada vez mais exigente. Ele é dinâmico e, por isso, é preciso acompanhá-lo para não ficar para trás.

Quais as maneiras de melhorar a qualificação profissional?

Agora que você já sabe da importância de ter a qualificação profissional para se manter competitivo no mercado de trabalho, chegou a hora de saber como se capacitar para oferecer o melhor das suas habilidades. Acompanhe!

Cursos

Entre os mais diversos cursos, você pode optar pelos que ajudarão a alavancar a sua carreira, a começar pela graduação. Se já é graduado, os de especialização, mestrado, doutorado e pós-doutorado são os próximos passos para a qualificação profissional. Quanto mais títulos tiver, maiores serão as suas chances no mercado.

Além desses, os cursos de curto e médio prazo também contam muito. Eles ajudam a enriquecer o conhecimento e, claro, o seu currículo. Você pode encontrá-los da maneira presencial ou online.

Eventos

Os eventos são fundamentais para a qualificação profissional. Simpósios, palestras e workshops são bons exemplos de ocasiões em que podemos adquirir conhecimento e manter o network atualizado, o que é muito importante.

Outros

Além do que já falamos, que são quesitos mais específicos da profissão, outros tipos de competências são necessárias para se qualificar profissionalmente.

  • fazer cursos complementares;
  • dominar outros idiomas;
  • estar atualizado sobre as inovações em sua área;
  • buscar experiência;
  • ter comportamento e desenvolver habilidades que julgar fundamentais para o cargo pretendido.

Como escolher a melhor opção de qualificação profissional?

É comum surgirem algumas dúvidas na hora de escolher uma qualificação profissional. Com tantas opções e oportunidades fica difícil mesmo. Para ajudá-lo nessa missão, trouxemos algumas dicas. Veja!

Defina a modalidade do curso

Existem duas modalidades de ensino: presencial e a distância. Ambas são excelentes, dependendo da instituição. A diferença é que uma se encaixa mais em determinado perfil e estilo de vida do que a outra.

Por exemplo, se você é do tipo de pessoa que precisa tirar as dúvidas com o professor, aprende melhor em sala de aula e tem disponibilidade de horários, um curso presencial pode ser o ideal.

Agora, se você não tem muito tempo ou mora longe do campus da Universidade e aprende muito bem pesquisando sozinho ou com apoio remoto, o estudo a distância pode ser a solução.

Estabeleça os seus objetivos

Um belo dia você acorda e decide que quer fazer um curso de qualificação. Escolhe o que acha que vai se dar bem e começa. Quais são as chances disso dar certo? São mínimas, concorda?

Antes de iniciar a sua qualificação profissional, é necessário estabelecer os seus objetivos. Assim, você consegue traçar um caminho para percorrer e evita frustrações. Refletir sobre os pontos abaixo pode ajudar:

  • verifique a utilidade prática dele em sua vida profissional;
  • certifique-se de que terá disponibilidade para se dedicar ao curso;
  • calcule o quanto poderá ter de retorno financeiro com ele;
  • pergunte-se se realmente quer fazer um curso para adquirir conhecimento ou apenas ter um título no currículo.

Veja quais são as demandas do mercado

Embora a qualificação profissional seja feita para aquisição de novos conhecimentos e especialização na área de atuação, é interessante saber qual é a demanda para o nicho em que você pretende se capacitar. Afinal, um dos objetivos é se inserir no mercado com boas oportunidades.

Imagine fazer um curso e, ao fim dele, perceber que não há muitas vagas disponíveis para aquela formação, seja pelo excesso de mão de obra ou porque a função já está ultrapassada. Ruim, não é?

Por isso, antes de ingressar em uma capacitação, pesquise sobre a procura de profissionais da área em que pretende se capacitar. É preciso colocar na balança o que o nosso coração diz com o que a razão pondera. No fim das contas, ninguém quer se dedicar a uma profissão sem ter chances de trabalhar nela, certo?

Analise a grade curricular

Você é do tipo de pessoa empolgada, que olha o título do curso e já decide fazê-lo achando que é tudo o que precisa para se qualificar? Então, é melhor parar um pouco e observar a grade curricular.

Nem sempre o curso é o que o título sugere, e pode não ter a ver com o que você precisa de verdade para a sua qualificação profissional. Olhe o conteúdo programático e certifique-se que as matérias serão bem aproveitadas para o seu objetivo. Assim, você evita a perda de tempo e dinheiro, além da frustração de suas expectativas.

Procure indicações

Quem é melhor do que os próprios alunos do curso para falar sobre ele? Em seu network, círculo de amizades ou até na internet e nas redes sociais, procure por indicações e informações sobre a qualificação profissional que pretende fazer.

Veja se os professores são bons, se a estrutura física é legal, se o curso corresponde às expectativas dos estudantes, se é válido para a área profissional que você quer… enfim, procure saber o máximo de informações para ter segurança antes de apostar todas as suas fichas.

Mantenha o foco

Muita gente começa a qualificação profissional com entusiasmo, mas o perde no meio do caminho. Por isso, é interessante manter o foco durante todo o percurso. Ter um diploma só por ter, sem nenhum aprendizado, não é o objetivo da capacitação.

Preocupe-se em dar o seu melhor, absorver todo o conhecimento e aproveitar o máximo que a instituição de ensino pode oferecer. Além disso, tenha certeza de que o curso é útil em sua vida profissional.

Certifique-se da duração do curso

Um dos pontos mais importantes para a qualificação profissional é o tempo que você tem disponível para realizá-la, de maneira produtiva. Se fizer um curso que demanda mais horas do que é capaz de cumprir com excelência, será perda de energia e um investimento pouco válido.

Por exemplo, seus horários são muito apertados e você escolhe um curso com presença semanal. Provavelmente, o cansaço baterá, e as aulas não serão aproveitadas como deveriam. Nesse caso, uma boa opção é a educação a distância.

Além disso, confira quantos meses você poderá se dedicar à capacitação. Muitas vezes, o tempo é curto, mas a duração do curso também, como os de extensão, que são opções rápidas para atualização profissional. Então, vale a pena fazer o esforço por poucos meses, não é mesmo?

Como planejar para começar a se qualificar profissionalmente?

Como tudo na vida, qualificar-se profissionalmente também exige planejamento, principalmente se você já tem os horários comprometidos pelo trabalho. Para não perder tempo, algumas dicas são essenciais, sendo práticas ou reflexivas. Saiba mais a seguir!

Vá além do diploma

Ter um diploma somente para acrescentá-lo ao currículo não é nada eficaz. Sabemos que, infelizmente, existem muitos profissionais que apenas ostentam o título, mas de fato não têm conhecimento.

Isso pode acontecer por diversos motivos, entre eles, a falta de aptidão para a profissão e o pouco interesse em realmente aprender quando houve oportunidade. Quantas pessoas fazem um curso apenas por fazer?

Não seja esse profissional. Aproveite ao máximo todas as chances de aprendizado que a instituição pode oferecer. É isso que fará de você se diferenciar dos outros que têm o mesmo currículo que o seu.

Não veja apenas o financeiro

É óbvio que um dos fatores que determinam a nossa escolha profissional é o dinheiro. Afinal, um dos resultados de uma carreira de sucesso é uma boa remuneração. Porém esse não deve ser o seu norte ao optar por uma qualificação.

De nada adianta fazer uma especialização em uma área com que você não se identifica apenas porque as chances de ganhar bem são mais altas, se não é o que gosta de fazer realmente.

Pense que trabalhar com algo que ama é tão prazeroso que a busca por conhecimento é natural e o aprendizado é muito mais fácil. Com certeza, isso conta muito na hora de se considerar qualificado.

Mantenha os pés no chão

Muitas vezes, vemos um profissional bem-sucedido em um cargo importante, boa remuneração e alto reconhecimento, mas não sabemos quais foram as dificuldades que ele enfrentou para chegar até lá.

É comum analisarmos somente o presente e nos esquecermos de que aquela pessoa trabalhou muito, teve noites mal dormidas, abdicou de momentos de lazer com a família e amigos para estar lá.

Por isso, não se iluda achando que basta se matricular em um curso, sem precisar fazer alguns sacrifícios em prol da carreira. Tenha em mente que, talvez, seja necessário estudar no seu dia de folga e redefinir as suas prioridades.

 Atualização constante

Mesmo que você não tenha condições de fazer um curso no momento, seja por questões financeiras, pessoais ou de tempo, mantenha-se sempre atualizado. Com a internet, você pode pesquisar informações importantes sobre a sua profissão e área de atuação.

Ter contato com outros profissionais do mesmo ramo também é uma ótima maneira de se manter atualizado. Sempre que tiver oportunidade, converse com eles e troque experiências. Dessa maneira, você fica por dentro de tudo que acontece na sua área. Lembre-se de que, para a qualificação profissional, todo o conhecimento é válido.

Invista em bons cursos de qualificação

Não pense que todos os cursos e instituições de ensino são iguais, porque não são. Uma boa grade curricular, infraestrutura excelente e docentes competentes são essenciais para tornar a qualificação realmente proveitosa.

Não vá escolher o seu curso apenas pelo valor da mensalidade, pois pode ser um dinheiro jogado fora. Em contrapartida, ter um título no currículo dado por uma instituição renomada é um diferencial e tanto na hora de competir com os demais candidatos.

Encaixe os horários

Para quem já está no mercado de trabalho, começar um curso pode ser um pouco complicado por conta do tempo. Pensando nisso, é importante fazer um cronograma, estabelecer as prioridades e encaixar todos os horários.

Lembre-se de que toda qualificação demanda algumas horas para os estudos e elaboração de trabalhos. Tenha certeza de que poderá se dedicar para não se frustrar depois.

Planeje-se financeiramente

O planejamento financeiro também é fundamental. Sabemos que muitos cursos e eventos de qualificação tem um valor alto. Entretanto você deve pensar que não é um custo, e sim um investimento.

Coloque o seu orçamento na ponta do lápis e veja se a qualificação cabe dentro dele. Caso a resposta seja negativa, analise como cortar gastos para apostar no seu futuro. Alguns meses de sacrifício financeiro poderão resultar no crescimento da carreira e, consequentemente, da remuneração. Pense nisso!

Quais as competências para começar uma qualificação profissional?

Todo mundo pode começar uma qualificação profissional. No entanto é preciso desenvolver algumas capacidades e comportamentos, caso ainda não tenha, para que tudo saia como o esperado e seja muito produtivo. Conheça quais são:

  • ser proativo;
  • ser comunicativo;
  • ser comprometido;
  • estabelecer metas e cumpri-las;
  • ser criativo;
  • tomar boas decisões;
  • ter autoconhecimento;
  • traçar um bom plano de carreira;
  • saber trabalhar em equipe;
  • ter inteligência emocional.

Tudo isso conta muito na hora de se qualificar profissionalmente. Como dissemos, fazer uma capacitação profissional é muito mais do que adquirir um diploma. É preciso saber extrair os conhecimentos para render bons frutos.

Como escolher uma IES de qualidade?

Bom, você já se decidiu pela qualificação profissional e refletiu todos os pontos que falamos neste post. Está na hora de escolher uma instituição de ensino que colaborará com a sua capacitação e o ajudará a se tornar um profissional mais completo.

Antes de mais nada, faça uma lista com as universidades que têm o curso que você gostaria de fazer. Feito isso, procure saber se elas são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC), como a UCDB, que é considerada pelo órgão a melhor universidade privada do estado do Mato Grosso do Sul.

Busque informações sobre o corpo docente, a reputação da instituição e os recursos oferecidos. Uma boa infraestrutura e professores excelentes fazem toda a diferença no aprendizado e, consequentemente, na qualificação profissional.

Como vimos, a qualificação profissional é uma maneira eficiente para conseguir um lugar destaque no mercado de trabalho. Quem se capacita está sempre à frente dos demais em uma carreira de sucesso.

Gostou do nosso post? Conhece alguém que precisa dar um impulso na carreira? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais. Assim, você ajuda outras pessoas a darem mais um grande passo rumo ao sucesso profissional!

Comentários