Cursos na área da saúde: 7 opções promissoras além de medicina

Quando se pensa em cursos na área da saúde, é bem provável que a primeira imagem que vem a sua cabeça seja medicina, não é verdade? No entanto existem alternativas tão favoráveis ou mais na questão de empregabilidade.

Ao escolher sua carreira, é preciso pesar os prós e os contras de cada profissão, sendo que o setor do conhecimento médico dispõe de uma infinidade de competências que servirão para gerar uma sociedade mais saudável, tanto em relação ao corpo quanto à mente.

Caso não tenha a pretensão de disputar uma vaga em medicina e queira abrir o leque de opções na área da saúde, trouxemos 7 dicas de cursos que podem proporcionar uma ótima trajetória profissional. Confira!

1. Biomedicina

Se você tem a pretensão de estudar mais a fundo sobre o funcionamento do corpo humano, os tipos de doenças, as causas de cada enfermidade e as formas mais eficazes de tratá-las, então o curso de Biomedicina é ideal para os seus objetivos. Nos quatro anos de graduação, terá a chance de aprender a respeito de imunologia, toxicologia, biofísica, cosmetologia, análise forense e demais especialidades.

Por terem um perfil generalista, os biomédicos podem atuar em diversos campos, tais como laboratórios de pesquisa, hospitais, laboratórios clínicos, empresas de consultoria, perícia criminal, entre outros setores que careçam de suas competências. De maneira geral, os profissionais dessa área atuam na promoção, prevenção e reabilitação da saúde humana — fomentando as descobertas científicas.

2. Ciências Biológicas

A pessoa que nutre a curiosidade de conhecer detalhes sobre o meio ambiente, a fauna, a flora e a evolução do conhecimento científico pode muito bem investir em um curso de Ciências Biológicas, seja no bacharelado, seja na licenciatura. No período da graduação, você terá a incrível oportunidade de visualizar de perto todos aqueles conceitos que eram superficiais no ensino médio.

Você estudará sobre genética, paleontologia, evolução das espécies, bioestatística, anatomia e, no caso da licenciatura, verá aulas a respeito de fundamentos da educação, linguagens, diversidade e inclusão. É possível trabalhar em laboratórios de pesquisa científica, perícias ambientais, vigilância sanitária ou, se a sua vocação profissional é a área educacional, dar aulas e desenvolver materiais didáticos.

3. Enfermagem

Para ingressar em uma graduação em Enfermagem é preciso gostar muito de pessoas, além de ter aptidão para lidar com assuntos que envolvem liderança de equipes e gestão do centro de saúde. Os profissionais dessa área adquirem competências indispensáveis para assumir o compromisso com as necessidades sociais, prezando sempre pelo atendimento humanizado.

Com relação às disciplinas, você aprenderá mais sobre o corpo humano, as doenças transmissíveis, as políticas públicas, os fundamentos de saúde, os primeiros socorros e demais temas inerentes ao conhecimento de Enfermagem. Os graduados podem atuar na rede básica de saúde, hospitais gerais, clínicas especializadas, atendimento domiciliar e demais setores que necessitem de suas habilidades.

4. Farmácia

Assim como o curso de Enfermagem, a graduação o em Farmácia também é realizada em cinco anos e disciplinas cobradas envolvem assuntos como bioquímica, controle de qualidade microbiológico, cuidados farmacêuticos, planejamento racional de fármacos etc. Um profissional que envereda para esse setor de conhecimento tem a destreza de lidar com as mais variadas situações que envolvem os medicamentos.

Suas aptidões serão essenciais para a pesquisa, produção, manipulação, armazenamento, controle de qualidade e, principalmente, pesquisas científicas que contribuem com o dia a dia da sociedade. Ao se formar nesse curso na área da saúde, você pode atuar na direção técnica de serviços de farmácia de clínicas, hospitais, drogarias e demais ambientes profissionais.

5. Fisioterapia

Uma das áreas mais requisitadas e que dispõe de uma gama de oportunidades de trabalho, tendo em vista que os fisioterapeutas contribuem com o estudo, diagnóstico, tratamento e prevenção dos diversos distúrbios funcionais do corpo humano. É necessário que os profissionais dessa área tenham um vasto interesse em lidar com pessoas e queiram se aprimorar nos conceitos de recuperação das potencialidades.

Nos cinco anos de curso você terá o conhecimento aplicado em biomecânica, neurociência, prótese e órtese, recursos terapêuticos e, inclusive, saúde do trabalhador, o que será de muita utilidade para conscientizar empresas sobre a importância de seguir as recomendações de ergonomia. Os setores mais procurados costumam ser os esportivos, ortopédicos, traumatológicos, neurológicos e cardiorrespiratórios.

6. Nutrição

Levando em consideração que a sociedade cultua cada vez mais a beleza dos corpos e se preocupa com o prolongamento da vida, a área de Nutrição se torna peça-chave para promover a saúde por meio da ingestão consciente dos alimentos e, com isso, prevenir doenças. O profissional devidamente registrado no Conselho Regional de Nutrição pode atuar em hospitais, clínicas, indústrias, academias, clubes etc.

Durante os quatro anos de curso, você terá a chance de aprender sobre avaliação nutricional, planejamento dietético, patologia básica, gastronomia, marketing de alimentos, entre outros assuntos. Na Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), por exemplo, os alunos dispõem de ótimos recursos, tal como o aprendizado em clínica e em laboratórios em que são desenvolvidas atividades integralizadoras para reforçar os conhecimentos.

7. Psicologia

Caso você tenha um enorme gosto pela leitura, queira estudar de fato, disponha da facilidade de se colocar no lugar do outro e demonstre simpatia em relação ao poder de ouvir as pessoas, a graduação de Psicologia é a melhor dentre os cursos na área da saúde. Você terá a capacidade de diagnosticar, tratar e prevenir quaisquer transtornos que possam interferir na esfera psicossocial.

A subjetividade do funcionamento da mente e o comportamento humano em suas mais variadas nuances fazem com que os psicólogos sejam gabaritados para lidar com situações que mexam com fatores biológicos, cognitivos, afetivos e sociais. É possível atuar em clínicas, escolas, clubes esportivos, organizações não governamentais e, ainda, prestar auxílio para a área jurídica, hospitalar e de trânsito.

Por fim, ao escolher o que mais tem a ver com as suas ambições na vida profissional, considere, além dos cursos na área da saúde, a instituição que efetuará a matrícula. Na UCDB você conta com um corpo docente de primeira linha, recursos tecnológicos de ponta e ótimos conceitos educacionais para se destacar no mercado de trabalho.

Se você curtiu este artigo sobre as várias áreas da saúde, então não perca a oportunidade e confira nossa lista completa de cursos de graduação para se informar melhor sobre cada um deles!

Comentários