4 profissões para quem fez curso de Educação Física

Se você pensa que o profissional de educação física só pode se dedicar ao ensino da disciplina em escolas e em universidades, seu conceito está muito ultrapassado.

Tanto a profissão quanto o curso de educação física se adaptaram às novas necessidades do mercado e das pessoas, que buscam alternativas para manter a saúde e o condicionamento físico, além da prática esportiva em si. A consequência são novas profissões para quem faz educação física, criando excelentes oportunidades para quem se dedica ao curso.

Pensando em quem está fazendo a faculdade e quer entender um pouco mais sobre a área, listamos 4 profissões diferentes para quem fez o curso de Educação Física. Vamos a elas?

1 – Personal Trainer

Orientação e planos de atividades físicas totalmente dedicados a uma pessoa. O Personal Trainer é um dos profissionais mais requisitados para quem busca melhor condicionamento físico aliado a treinamentos totalmente personalizados.

Circuitos, corridas, musculação, todos os treinos definidos por um único profissional, que acompanha o aluno no dia a dia de exercícios e na evolução corporal.

Antes uma profissão voltada para apenas alguns privilegiados, o Personal Trainer se popularizou nos últimos anos e se tornou uma alternativa de emprego rentável para quem procura horários flexíveis e clientes regulares.

Para ingressar na área, é imprescindível experiência em academias e um bom relacionamento interpessoal, afinal, saber lidar com os clientes garante não só um bom trabalho como também novas indicações!

2 – Preparação física de atletas profissionais

Uma das profissões mais cobiçadas pelos profissionais de educação física também é uma das mais exigentes. O Preparador Físico de atletas profissionais tem uma rotina pesada, raramente folga nos fins de semana, e a dedicação é total. Isso porque cabe a ele o treinamento e preparação de um ou mais atletas profissionais de alto rendimento, que dependem de um bom desempenho para chegarem ao topo.

Por isso, cabe ao preparador físico levar os atletas até uma linha tênue, em que a preparação faz o atleta superar seus limites e, ao mesmo tempo, não sofrer nenhuma lesão.

Para isso, o profissional deve não só estudar e entender muito de preparação física, como também se atualizar sobre equipamentos de monitoramento físico e cardíaco, para saber tudo sobre o desempenho do atleta.

Outro item fundamental para os que querem se aventurar na área é entender um pouco de psicologia, afinal, de nada adianta para os atletas uma excelente preparação física se não estão preparados psicologicamente para uma competição. Para isso, muitas vezes cabe ao Preparador Físico avaliar as reações dos atletas, que muitas vezes estão sob pressão e precisam de tranquilidade para desempenhar bem o seu papel.

3 – Mentor de grupos de corrida

Se você não vive dentro de um casulo, percebeu o crescimento de corredores de rua no Brasil. De acordo com o Ministério do Esporte, mais de 5% dos brasileiros praticam corrida ou caminhada regularmente.

Esse boom da corrida no Brasil criou um novo mercado que envolve a preparação, acompanhamento e até formação de grupos de corrida que treinam de duas a três vezes por semana e participam de corridas com 5 a 10 quilômetros de distância aos finais de semana.

Um excelente mercado para o profissional de Educação Física é a mentoria desses grupos de corrida. Isso significa ser responsável pela avaliação individual dos integrantes do grupo, elaboração de planos e treinamentos coletivos, escolha de locais apropriados para treinamento, além de organização do calendário de corridas.

Os grupos de corrida podem ser formados por amigos, pessoas com interesses em comum e até mesmo empresas que buscam novas atividades para integrar seus colaboradores.

Um mentor de grupos de corrida pode trabalhar com um grupo específico ou vários, dependendo da carga horária e dos períodos de treinamento de cada equipe.

4 – Treinador de Futebol

Quer trabalhar com a maior paixão do brasileiro? Boa parte dos treinadores de times de futebol são profissionais formados em educação física. O caminho convencional dos grandes treinadores é passar pela preparação física de atletas e depois, após cursos especializantes que envolvem aulas de psicologia, gestão de equipe e táticas de jogo, ingressar na carreira de treinador.

O caminho é difícil, muitos passam pela preparação e treinamento de equipes infantis e juvenis para depois trabalharem com os profissionais. Os mais apaixonados, dedicados e pacientes conquistam cargos bem remunerados e excelentes oportunidades não só no Brasil, como no exterior. Mercados emergentes do futebol como China, Japão, Emirados Árabes, Índia e Qatar têm nos profissionais brasileiros uma referência de competência e oferecem ótimas propostas!

Empolgado com as novas possibilidades que o mercado oferece para quem faz faculdade de Educação Física? Estar preparado para os novos postos de trabalho é escolher uma universidade que está sempre antenada às novidades e oportunidades que o mercado oferece.

Venha então conhecer o curso de Educação Física da UCDB. Com uma grade curricular atual e professores antenados, a universidade oferece o curso ideal para o início de um novo e promissor futuro para você.

Venha se inspirar com a gente!

Comentários