Vale a pena fazer graduação? 7 benefícios que só o ensino superior oferece

Em 2017, segundo dados do Ministério da Educação, mais de 10 mil vagas foram ofertadas para o ensino superior, entre instituições públicas e privadas. Números assim fazem a gente se perguntar: será mesmo que vale a pena fazer universidade?

Foi-se o tempo em que as empresas se contentavam apenas em visualizar no currículo que o candidato tinha ensino médio completo. Isso porque as vagas estão cada vez mais complexas, e ter um curso superior é um fator decisivo para a contratação.

Sendo assim, neste post trouxemos 7 vantagens de se fazer uma graduação, com o objetivo de motivar você a estudar ainda mais para arrasar no ENEM. Confira!

1. Adquirir novos conhecimentos

Sem dúvidas, o período passado em uma universidade expande a mente de tal maneira que você pensa: “por que eu não pensei em fazer isso antes?”. No período da educação fundamental e do ensino médio as matérias são básicas e temos a noção do que pode vir, no entanto, ao chegar à universidade, você terá surpresas constantes em relação aos conteúdos apresentados.

Por meio do curso que escolheu, é possível aprimorar o seu senso crítico, pesquisar melhor as informações, compreender as disciplinas a fundo e ainda ter a cultura da inovação presente no dia a dia. Os professores costumam servir como verdadeiros guias durante sua jornada acadêmica, mas não se esqueça de ter um planejamento para estuda melhor e com afinco, pois a cada semestre o nível de dificuldade aumenta.

2. Ter a chance de se especializar

Estar em um curso superior permite que você pense bastante no seu futuro e, com isso, não fique apenas no conhecimento raso, mas busque o aprimoramento constante para agarrar as oportunidades que surgem na vida. A graduação faz com que desperte o interesse de querer mais, o foco para não desistir no primeiro obstáculo e a resiliência necessária para continuar em busca dos seus sonhos.

Durante o bacharelado, licenciatura ou tecnólogo, você notará uma certa identificação por determinada área do conhecimento e, a partir disso, pode escolher qual caminho seguir dali em diante. Vale informar que os cursos de pós-graduação são divididos em duas modalidades:

  • lato sensu: voltados para uma formação específica (MBA e especialização);
  • stricto sensu: abrange mais a teoria e a parte científica (mestrado e doutorado).

3. Crescer profissionalmente

O período universitário dá a clara noção do que fazer na profissão, sendo que escolher uma carreira é um passo fundamental para concretizar nossas pretensões financeiras. A graduação contribui bastante para incrementar o currículo e ter mais valor aos olhos dos gestores, tendo em vista que as empresas de hoje em dia buscam colaboradores cada vez mais qualificados e com várias competências.

Quanto maior o conhecimento apresentado na sua rotina de trabalho, proporcionalmente serão maiores as chances de ter visibilidade no cargo que exerce, conquistar uma promoção e até despertar o interesse de outras empresas. O mercado de trabalho tem se tornado exigente em relação aos pré-requisitos de contratação, portanto, é melhor não dar bobeira por aí e investir em um curso superior.

4. Aumentar os ganhos

Evidentemente, um dos primeiros aspectos que surgem na cabeça de quem busca um curso superior é ter a tão falada estabilidade financeira, pois todo mundo tem seus objetivos e metas. O período acadêmico serve bastante para pleitear um salário atrativo, construir o patrimônio e compreender melhor como lidar com o dinheiro.

Caso você tenha os pés no chão, maturidade para assumir novas responsabilidades e organização quanto ao que deseja fazer a curto, médio e longo prazo, pode ter certeza que vale a pena fazer uma universidade. Acrescentando que, dependendo do curso, você aprenderá a ter educação financeira e isso será de suma importância para poupar com consciência e investir o que ganha para viver apenas de rendimentos no futuro.

5. Obter satisfação pessoal

Outro fator preponderante para escolher um curso de graduação é a satisfação pessoal que isso pode causar, gerando uma melhora considerável na autoestima, inclusive. Muito além da realização material por meio do dinheiro e de cargos elevados, a felicidade de fazer o que gosta e de se aprimorar nisso ninguém consegue tirar de você, pois por mais que seja puxado, o período acadêmico será incrível.

Todos têm seus propósitos de vida, aptidões inatas e a vocação para uma determinada área do conhecimento, por isso, ingressar em uma universidade alimenta o bem-estar de fazer algo útil perante a sociedade. Uma pessoa que ama lidar com os animais, por exemplo, pode se dar bem em Medicina Veterinária, a facilidade com números permite optar por Ciências Contábeis, a habilidade de desenhar pode levar ao curso de Arquitetura etc.

6. Abrir um leque de oportunidades

Realizar um curso superior abre portas que você jamais imaginaria entrar se não estivesse na universidade, principalmente porque o meio acadêmico costuma ser respeitado e atrai o interesse de investidores. Muitos alunos costumam ter vários insights criativos durante a graduação e, para se ter uma ideia, boa parte das startups surgem por meio de problemas encontrados ao decorrer do curso.

Esse leque de possibilidades que a universidade proporciona não se limita apenas à criação empresas, mas em agarrar oportunidades primordiais para a carreira, tal como fazer um curso de idiomas e tentar uma bolsa de intercâmbio. Além disso, vale ressaltar que os salários disponíveis para cargos de ensino superior são muito maiores em concursos — o que pode ser a sua chance de trabalhar no serviço público.

7. Construir uma rede de relacionamentos

É bem provável que você já tenha ouvido falar da importância do networking para a construção do marketing pessoal, não é verdade? Pois bem, a vida acadêmica é ideal para estreitar laços com os colegas de sala e formar parcerias que podem render bons frutos ao decorrer da carreira, principalmente no que se refere à sociedade e possibilidade de trabalho.

Aproveite para conhecer o máximo de pessoas possíveis e não abra mão de conversar com gente que não é do seu curso também, afinal, o conhecimento sobre outras áreas pode enriquecer a sua cultura. Da mesma forma, coloque os professores da graduação na sua rede de contatos, porque isso pode gerar ótimas oportunidades de fazer uma iniciação científica, ter informações de palestras e, quem sabe, conseguir um estágio.

Por fim, perceba que vale a pena fazer universidade por muitos motivos, e a experiência será um marco na sua vida. Então, estude bem para o vestibular e escolha se prefere fazer a graduação presencialmente ou a distância, porque essa decisão será essencial para o seu planejamento e orçamento.

Se você gostou deste post e quer ficar por dentro de informações úteis sobre datas de vestibular, eventos voltados para a comunidade e atividades extracurriculares, visite e curta a página da UCDB no Facebook!

Comentários