Pesquisa da UCDB desenvolve antibióticos com arraias do Pantanal

A UCDB desenvolve iniciativas de inovação e pesquisa que tiram proveito das inúmeras espécies de plantas e animais que compõem a biodiversidade da região do Pantanal –  um bioma que, como nenhum outro, exige que a vida se adapte à variação extrema entre a chuva e a seca que divide o ano – em prol da saúde e do bem-estar humanos e das causas ambientais.

Professores e alunos realizam visitas a campo e pesquisas laboratoriais a fim de testar, na prática, o resultado dos estudos.

Um dos destaques fica por conta da pesquisa com veneno da arraia para a produção de antibióticos. O professor dr. Octavio Luiz Franco, à frente do projeto, está concorrendo ao I Prêmio Cientistas e Empreendedor do Ano Instituto Nanocell; junto com outros pesquisadores, ele aguarda o resultado da 3ª etapa.

“Nós percebemos que, quando as arraias tinham ferimentos causados por outros animais, cicatriavam muito rápido. E mesmo em feridas abertas, o normal é que haja infecção, e isso não ocorria com as arraias”, explica o professor do programa de mestrado e do doutorado em Biotecnologia. A partir daí são realizados testes com compostos bioativos do Pantanal, sem afetar a saúde do animal. No caso da arraia, secreções são recolhidas e levadas para análise em laboratório.

O professor já havia desenvolvido um composto a partir do plasma da proteína de peixes para a preservação de órgãos de transplante, e a pesquisa foi vencedora do Prêmio Santander de Ciência e Inovação (2010). Há 20 anos dedicado à pesquisa, o professor já descobriu cerca de 350 compostos naturais para fabricação de novos medicamentos, mas as dificuldades na legislação inviabilizam a fabricação e comercialização.

Incentivo à Pesquisa

Para suprir essa lacuna, a UCDB vai sediar o primeiro Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia do MS, com o objetivo de desenvolver medicamentos de uso veterinário, e haverá espaço para eventuais trabalhos voltados para os seres humanos. Dessa maneira, acadêmicos, professores e sociedade serão beneficiados com o incentivo à pesquisa.

Se você já é graduado, saiba mais sobre o programa de mestrado e de doutorado em Biotecnologia na UCDB, acesse aqui.

Comentários