Certificação MEC: saiba por que você deve atentar a isso!

Quando pensamos na educação em âmbito de nível superior, escolher uma instituição que tenha certificação do Ministério da Educação (MEC) é essencial. Este selo serve como um registro de que aquele centro de ensino tem estrutura física e tecnológica, além de uma equipe de profissionais gabaritada, para formar estudantes com excelência.

Neste artigo, você encontrará as seguintes informações:

·        por que é importante escolher apenas as instituições que recebem esse selo de aprovação;

·        quais são os critérios utilizados pelo MEC para fazer a lista de escolas regulamentadas;

·        como você pode descobrir se uma instituição tem ou não a certificação MEC.

Fique conosco e entenda de uma vez por todas qual é a função desse selo de aprovação e por que você não deve estudar em um lugar sem o reconhecimento exigido. Vamos lá?

Por que escolher instituições certificadas pelo MEC?

Nos últimos anos, é notória a existência de uma imensa proliferação de escolas e universidades em todo o território do país. O campo da educação passa por uma acelerada expansão, que não promete parar. Isso é visível, por exemplo, com o crescimento e a aceitação das escolas de Educação a Distância (EAD) na sociedade brasileira.

Por um lado, essa é uma ótima notícia, pois mais pessoas podem ter acesso aos benefícios da educação superior, que abre muitas possibilidades no mercado de trabalho. Por outro, há também problemas no sentido de surgimento de espaços de ensino que não correspondem às expectativas mínimas de uma educação de qualidade.

Sendo assim, o Ministério da Educação criou esse selo como uma forma de manter o controle sobre a qualificação do ensino em todo o país. É uma maneira de assegurar que o estudante incauto não ingresse em espaços que prejudiquem o desenvolvimento das habilidades mais buscadas no mercado. Se a instituição em questão recebe a certificação MEC, já é um bom sinal de que você estudará em uma universidade qualificada.

Como funciona a certificação para instituições do MEC?

Primeiro, é importante saber que existe uma gradação nos certificados concedidos pelo ministério para as Instituições de Ensino Superior (IES). No primeiro momento, o certificado dado é de faculdade, que pode mudar de categoria de acordo com o desenvolvimento do lugar em termos de estrutura pedagógica. Os três tipos são: centro universitário, faculdade e universidade.

A certificação dura três anos e precisa ser renovada após esse período. No caso das universidades e dos centros universitários, ela dura cinco anos. Para que uma instituição possa fazer parte dessa lista, ela precisa se cadastrar na Secretaria de Educação local, no final de cada ciclo avaliativo.

Vale dizer que outros tipos de instituições de ensino, como as de cursos técnicos, também contam com a certificação MEC. Mas aqui estamos dando enfoque sobre as ligadas à graduação e pós-graduação.

Lembrando que as universidades precisam buscar a excelência da formação, com investimentos contínuos em pesquisa, equipe de professores doutores, manutenção de programas de Mestrado e Doutorado e extensão universitária − como é chamada a articulação entre a academia e a sociedade.

Quais características são averiguadas pela certificação MEC?

Diferentes aspectos do processo pedagógico são avaliados para que o lugar em questão receba esse selo de aprovação. Entre eles, podemos destacar as seguintes vertentes:

·        infraestrutura e ambiente de ensino adequado, no caso de campus físico;

·        equipe de professores e outros profissionais necessários devidamente qualificada;

·        adequação do currículo dos cursos às normas e aos requisitos estabelecidos pelo MEC e por outras instituições competentes, como os conselhos profissionais;

·        segurança, ética e respeito no trato com os estudantes;

·        cobrança de matrículas e taxas de acordo com as normas prescritas, de forma que não haja abusos por parte da instituição;

·        funcionamento regular do instituto comprovado.

Como saber se a instituição de ensino é realmente certificada?

Para saber se uma IES é realmente cadastrada no MEC, é bem simples. No site do MEC, há uma lista com as instituições e seus respectivos cursos, a partir de um índice de pesquisa. Basta digitar o nome da universidade em questão e você a encontrará lá. Essa busca pode ser feita por meio de outros dados também, como o CNPJ da empresa e a razão social.

Aqui, vale ressaltar que não é apenas a universidade que deve ser certificada pelo MEC. Cada curso de graduação também tem sua respectiva avaliação, que varia de acordo com a complexidade da formação.

Cursos com um ensino mais teórico costumam ser mais simples de serem aceitos, por isso existem tantas faculdades de Direito no Brasil, por exemplo. Outros, como os cursos da área de saúde, são bem mais exigentes nesse sentido, pois existe toda uma parte prática do ensino, equipamentos e outros aparatos, como as peças de anatomia, que são indispensáveis.

Os cursos de educação a distância também recebem certificação?

Sim! Os polos de EAD também recebem essa chancela do governo e podem ser consultados pelo site do MEC. No caso do ensino a distância, esse tipo de verificação é ainda mais importante para o aluno. Quando temos a segurança de conhecer o espaço físico de uma universidade, é mais simples de atestar sua qualidade, mas isso nem sempre existe no caso do ensino on-line.

Esse tipo de ensino vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil, pois, de fato, permite que pessoas impossibilitadas de frequentar diariamente um campus conquistem um diploma de maneira qualificada. É totalmente viável que uma formação interessante seja feita por meio dessa modalidade, de forma que os mais variados cursos têm se constituído tanto em cursos a distância quanto semipresenciais.

Como já sinalizamos, nesse caso, torna-se ainda mais necessário que o estudante procure por uma instituição que receba a chancela do MEC para efetuar seus processos de ensino. Já é um bom ponto de partida para te dar segurança em integrar esse contexto pouco usual e, ao mesmo tempo, tão empolgante de formação.

No fim das contas, a mensagem mais importante para você que está escolhendo uma graduação é a de só escolher aquelas instituições que tenham certificação MEC tanto para a empresa quanto para o curso em si. Ao estudar na UCDB, você terá um ensino reconhecido nacionalmente e chancelado pelo Ministério da Educação, contando tanto com o campus físico quanto com as modalidades de EAD!

Agora que você sabe mais sobre a certificação do Ministério da Educação, que tal receber outros conteúdos fresquinhos em seu e-mail? Assine nossa newsletter e entre em contato com outros temas importantes no cenário da educação!

Comentários