Como a pós-graduação impacta na carreira profissional?

Ter uma carreira profissional sólida e repleta de conquistas é o desejo de muita gente, não é verdade? Porém, engana-se quem acredita que ter um diploma é o suficiente para alcançar esse objetivo. É preciso pensar em longo prazo a partir do momento que você entra na universidade. Ou seja, ter em mente que a graduação é só o pontapé inicial da sua formação.

Após concluí-la, você deve fazer uma pós-graduação para se tornar especialista na sua área de atuação e, assim, destacar o seu perfil em um mercado acirrado e que tem as melhores oportunidades voltadas para aqueles com um currículo mais multifacetado.

Afinal, só um profissional de excelência dá continuidade aos estudos para se aperfeiçoar, atualizar-se e aprender sempre mais. Por essa razão, preparamos um post especial para abordar o assunto e mostrar os benefícios de se especializar. Confira!

A pós-graduação e a empregabilidade

Para se ter ideia, de acordo com o levantamento das Sinopses Estatísticas da Educação Superior, produzido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em 2018 se graduaram 1.264.288 pessoas no Brasil, um número grande, que cresce ano após ano e deixa claro que o mercado tem recebido cada vez mais mão de obra qualificada.

Logo, tornou-se imprescindível ter algo a mais no currículo para atrair a atenção dos recrutadores nos processos seletivos e, de quebra, sobressair-se em concursos públicos como alguém com uma formação mais extensa e completa para cargos estratégicos. Justamente por isso a pós-graduação se tornou a principal aposta dos profissionais para melhorar a qualificação profissional, garantir as ocupações atuais e/ou ter mais oportunidades de emprego ao longo da carreira.

Demais vantagens de uma pós para a carreira profissional

Além da questão da empregabilidade, há outras vantagens em montar uma rotina de estudos conciliável com o trabalho e investir em uma pós-graduação. Por exemplo, você pode atualizar e complementar o que foi visto na graduação, acompanhar de maneira crítica e reflexiva as mudanças na sua categoria profissional e participar de eventos acadêmicos que debatam as tendências e novidades da sua área de atuação.

Além disso, você tem a chance de expandir e renovar a sua rede de contatos − que podem gerar oportunidades profissionais e até de negócios no futuro − e de, inclusive, descobrir segmentos que podem se tornar seu novo campo de interesse e lhe render o tão desejado reconhecimento social, bem como estabilidade financeira e jornada de trabalho flexível.

Opções de áreas para se especializar

Já que falamos bastante sobre a importância de dar continuidade à sua formação e como isso beneficia o seu desenvolvimento profissional, vamos aproveitar este último tópico para reunir algumas sugestões de áreas para você se especializar. Dessa forma, você entende melhor como funciona a pós-graduação na prática.

Vale lembrar que todas elas estão disponíveis na UCDB, uma instituição de ensino com vasta gama de cursos e infraestrutura moderna para o aprendizado dentro e fora da sala de aula, com longa tradição no mercado de Mato Grosso do Sul. Dito isso, confira as nossas sugestões!

Psicologia do Trabalho: Gestão em Qualidade

A primeira delas é a pós em Psicologia do Trabalho: Gestão em Qualidade, que tem 360 horas de carga horária e é voltada para aqueles que se formaram em Psicologia. Este curso centra-se em umas das 12 especialidades da profissão e aprofunda o seu conhecimento na relação entre funcionários e instituições (públicas e privadas) e em como problemas envolvendo o trabalhador podem desencadear um efeito dominó que afeta e debilita qualquer negócio, desde a produção até a gestão dele.

Para tanto, você estudará diversas questões que envolvem o capital humano e o ambiente corporativo, a fim de promover uma interação mais produtiva entre ambos, como cultura organizacional, promoção da saúde no trabalho, legislação trabalhista, recrutamento e processos admissionais e muito mais.

Psiquiatria e Saúde Mental com Ênfase em Humanidades Médicas

Ainda no ramo da saúde, temos a pós em Psiquiatria e Saúde Mental com Ênfase em Humanidades Médicas. Com carga horária de 680 horas, ela é pensada para médicos que desejam se especializar e atuar na área da Psiquiatria.

Você se aprofundará nas psicopatologias que afetam o bem-estar mental e físico dos seres humanos, nas etapas de avaliação e diagnóstico de pacientes a partir da escuta clínica e no tratamento farmacológico supervisionado complementar à psicoterapia, a fim de promover um atendimento mais personalizado e humanizado nos ambientes ambulatoriais, hospitalares e de consultório.

Engenharia Urbana

A pós-graduação em Engenharia Urbana, por sua vez, conta com 384 horas de carga horária e é indicada principalmente para engenheiros e profissionais que atuam com construção civil, saneamento e urbanismo, como é o caso dos arquitetos.

O motivo disso é simples: ao longo desta formação, você se qualifica para lidar com questões envolvendo projetos para a melhoria do espaço urbano público e privado nas mais diferentes cidades do país, como aplicação de medidas sustentáveis, gestão de efluentes e recursos hídricos, mobilidade dos cidadãos e desenvolvimento do transporte público, aterramento, manutenção de áreas históricas ou com reservas ambientais etc.

Direito do Estado

“E para quem se formou em Direito? Há alguma sugestão de especialização?”, você deve estar se questionando, para lá de curioso. Saiba que há, sim. Trata-se da pós em Direito do Estado, com 360 horas de carga horária.

Nela, os profissionais que escolheram a carreira jurídica têm a oportunidade de estudar de maneira mais detalhada a estruturação e manutenção do Estado ao longo da história do Brasil e as inter-relações dele com os aspectos constitucionais vigentes que norteiam os princípios, as leis e os códigos tributários, ambientais, econômicos, administrativos (de caráter público e privado), de cidadania, de relações internacionais etc.

Design Gráfico: Expressão e Cultura

Para encerrar, não poderia faltar a especialização em Design Gráfico: Expressão e Cultura, que explora os aspectos da criação de peças gráficas e material digital. Ele tem carga horária de 360 horas e é voltado para profissionais de Humanas que trabalham com essas atividades, como é o caso dos próprios designers e também dos publicitários, jornalistas diagramadores e por aí vai.

É por isso que nela os estudantes se veem diante dos aspectos abstratos e técnicos da produção e do peso da cultura, bem como da expressão midiática local, como influências diretas na elaboração de projetos mais criativos, inovadores e funcionais, sejam eles autorais, sejam eles produzidos para veiculação comercial.

Como deu para ver, quando o assunto é se capacitar e aprimorar o currículo para ter uma carreira profissional com oportunidades reais de crescimento, não há o que se discutir: investir em uma especialização é um passo fundamental para ser bem-sucedido na carreira. Por isso, não perca tempo e tenha uma formação complementar!

Curtiu o post? Então, aproveite que estamos falando sobre pós-graduação para ficar por dentro das diferenças entre a modalidade stricto sensu e a modalidade lato sensu!

Comentários