Saiba a importância de voltar a estudar e como atingir esse objetivo

Você sonha em voltar a estudar, mas acredita que está tarde demais para isso? Pois saiba que esta é uma ideia incorreta, já que não existe uma idade limite para se tornar um aluno de graduação.

Afinal, a universidade fornece diversos benefícios, desde a ascensão na carreira até o retorno ao mercado de trabalho. Portanto o primeiro passo é reconhecer que você pode encarar esse desafio independentemente de sua idade.

Neste artigo, vamos mostrar quais são as vantagens ao fazer um curso de graduação depois de anos formado no ensino médio, como conciliar emprego e estudos e, por fim, algumas dicas para ajudar você nessa trajetória. Acompanhe a leitura!

Quais são os benefícios de fazer a graduação um tempo depois do ensino médio?

Atualmente, é comum que os estudantes formados no ensino médio engatem os estudos no ensino superior. No entanto, antigamente, nem todos tinham essa oportunidade — ou não a desejavam naquele momento.

Os motivos são variados, como a necessidade de cuidar da casa, criar os filhos, trabalhar fora ou falta de recursos financeiros para bancar a graduação. Por outro lado, anos depois, pode ser que essas pessoas queiram voltar a estudar. Então, como fazer?

O instinto pode alertar você e dizer que não é a hora certa, pois já está tarde demais, porém, acredite: isso não existe. A história de Chames Rolim é um exemplo disso. Em 2014, a mineira de 97 anos se formou em Direito.

Viu como é possível? Para ajudar você a vencer esse receio, elaboramos as principais vantagens que existem ao entrar no ensino superior depois de muito tempo. Confira!

Maturidade para os compromissos acadêmicos

Devido à imaturidade, nem sempre os jovens enxergam os estudos no ensino superior com a seriedade que precisam. Já você, que deseja voltar a estudar, sabe como o conhecimento acadêmico é importante no mercado de trabalho.

Portanto dará valor a cada hora e centavo gasto na universidade, ou seja, conseguirá honrar os compromissos acadêmicos, frequentando as aulas e fazendo os trabalhos e as provas necessárias — o que nem todo jovem estudante se propõe a encarar.

Mais foco na carreira

Dezoito anos é uma idade muito nova para decidir o que deseja fazer por toda a vida, não é mesmo? No entanto isso é o que a maioria dos jovens precisa encarar após o término do ensino médio. Ao entrar na universidade, inicia-se a temporada de festas e curtição, o que, vez ou outra, pode prejudicá-los no aproveitamento dos estudos.

Já quem é mais velho e terminou o ensino médio há um tempo sabe bem o que quer ao iniciar a graduação. Logo, está focado na carreira, utiliza o seu tempo útil para estudar e aproveitar as oportunidades e, assim, torna-se mais próximo do sucesso profissional.

Experiência que enriquece o aprendizado

As pessoas mais velhas, naturalmente, acumulam conhecimento ao longo dos anos. Ao aprenderem sobre determinado assunto na universidade, conseguem relacioná-lo com a realidade e formular questionamentos concisos.

Já os mais novos, justamente por serem imaturos, não costumam ter muita noção de como o estudo pode ser posto em prática, pois não vivenciaram muitas experiências. Assim, o aprendizado fica, por vezes, distante e difícil de ser visualizado no dia a dia. Então, surge a famosa questão: “Mas para que eu vou usar isso?”.

Como se organizar para conciliar estudos e trabalho?

Se um dos seus empecilhos para fazer a matrícula na graduação é ter de largar o trabalho, fique tranquilo, pois isso não será necessário. Afinal, existem diversos estudantes que conseguem unir emprego e estudo.

Não estamos dizendo que essa é uma tarefa fácil, até porque exige bastante organização e disposição. No entanto é possível conciliar as duas obrigações. Quer saber como? Então, veja as dicas a seguir.

Escolha uma graduação a distância

Se você trabalha o dia inteiro, de segunda a sexta, e acredita que não existe a possibilidade de encaixar as idas à universidade na sua rotina, então uma alternativa é adotar o ensino a distância.

Por meio dele, você faz o seu horário — pode estudar aos finais de semana ou durante a noite, por exemplo — ao assistir às aulas on-line e, ao final do curso, recebe um diploma que tem o mesmo valor que o do ensino presencial.

Crie uma rotina

Como dissemos, conciliar trabalho e estudo é algo complexo, então você precisa estar disposto a abrir mão de alguns hábitos, de modo a focar nessas prioridades. Para não deixar o estudo de lado, é fundamental criar uma rotina.

Isso significa, portanto, reservar um período do seu dia para dar uma revisada — aqueles 15 minutos após o almoço —, assistir a uma videoaula enquanto vai para o trabalho ou, até mesmo, chegar mais cedo para aproveitar o tempo e estudar. Com isso, é possível ajustar o horário e encaixar essa nova obrigação.

Evite a procrastinação

Certamente, você já ouviu a frase “tempo é dinheiro”, não é mesmo? Saiba que esse clichê está certo e é necessário assimilá-lo, a fim de evitar a procrastinação em relação às suas obrigações.

Sendo assim, se sobrou um tempinho no seu trabalho, aproveite para adiantar a tarefa de alguma disciplina. Isso mesmo! Nada de ficar em redes sociais apenas para passar a hora. Utilize o tempo ao seu favor.

Como a UCDB pode ajudar você a voltar a estudar?

Se você está procurando uma instituição de ensino qualificada para dar início aos seus estudos, a UCDB pode ajudar. Fornecemos uma grande variedade de cursos de graduação em bacharelado, licenciatura e tecnólogo. Caso prefira, também temos opções de ensino a distância, que é uma modalidade oferecida há mais de 20 anos.

O processo seletivo é feito por meio de análise documental, então você não precisa passar por provas para entrar na universidade. Outra opção é fazer a sua matrícula utilizando a nota do Enem.

Percebeu como não faltam motivos para voltar a estudar? Então, o próximo passo é ter certeza da graduação escolhida e, em seguida, correr até a instituição de ensino para realizar a matrícula e colocar os seus objetivos em prática.

Se você deseja saber quais são as nossas opções de graduação e sanar qualquer dúvida para ingressar no ensino superior, entre em contato conosco!

Comentários