O que fazer depois da faculdade?

Muitos universitários e futuros egressos já sabem qual curso fazer e o que fazer depois da faculdade. Mas a verdade é que, quanto mais conhecimento, melhor a formulação de ideias e, consequentemente, maior a gama de áreas para empreender ou atuar após a conclusão do curso..

A maioria dos brasileiros quando está em uma faculdade se especializa apenas em áreas referentes à sua graduação; porém algumas universidades brasileiras estão adotando uma “formação transversal”, que possibilita aos alunos no ano da graduação fazer disciplinas de outras carreiras. Isso faz com que sua potencialidade criativa aumente já que ele não estará apenas centrado na sua escolha. Um exemplo disso seria um estudante de webdesign, no fim do curso, fazer disciplinas de Letras, para assim usar isso em um emprego futuro ao ter que traduzir jogos ou compreender narrativas.

O que fazer depois da faculdade

Outro ponto para aumentar habilidade e criatividade são trabalhos que acrescentam não apenas a você como pessoa, mas também a áreas do seu curso, tais como em hospitais, clínicas, agências de publicidade, escritórios e ONGs. O trabalho social ou de sustentabilidade nos dá um conhecimento muito amplo tanto para entender a economia e o empreendedorismo, quanto para analisar a sociedade de um ângulo diferente.

o que fazer depois da faculdade: MBA ou pós

Cursos de pós-graduação, MBA e especializações servem como ponte para construir uma carreira sólida e competitiva, à medida que possibilita a um profissional tornar-se extremamente qualificado. E raro.

Por isso o futuro acadêmico, já de olho no futuro, deve optar por um determinado curso, ciente das possibilidades do mercado. Por exemplo, o de administração possibilita trabalhar em uma agência publicitária como até mesmo em uma indústria de grande porte. Formações menos abrangentes também conquistam espaço para expandir com as centenas de especializações disponíveis no mercado, inclusive no modelo EaD.

O que fazer depois da faculdade: graduandos

Os recursos tecnológicos hoje permitem ao aluno aliar o espírito de investigação ao empreendedorismo,  tornar-se um curioso digital e, ao mesmo tempo, integrar conhecimentos diversos. E conhecimento nunca é demais, ainda mais se for para promover o enriquecimento profissional. Então pense, crie e transforme. Faça a diferença!

Comentários