Estudar à noite pode ser uma ótima opção! Confira os benefícios

A entrada na Universidade marca um novo tempo na vida de qualquer pessoa, afinal, começa a construção de uma carreira. Para aproveitar esse momento, é preciso analisar alguns fatores que podem determinar o sucesso ou o fracasso do aprendizado. Nesse caso, é algo a ser considerado.

A escolha do turno também pode ser valiosa para conquistar objetivos profissionais e ter produtividade nos estudos. Por esse motivo, ela precisa ser tomada após analisar as perdas e ganhos em ambos os períodos. Mas saiba que estudar à noite é uma opção com uma série de benefícios!

Neste post, explicaremos melhor quais são essas vantagens do estudo noturno e, ao final, tem um bônus para ajudar nesse processo. Vamos lá?

Descubra as vantagens de estudar à noite

É preciso ter cautela na hora de decidir o horário de cursar a graduação, pois são anos de estudos. Quando feita de maneira errada, a escolha pode comprometer seus planos atuais e futuros porque trocar de turno no meio do curso também interfere na aprendizagem. Para ajudá-lo nessa escolha, separamos algumas vantagens de estudar no período da noite. Vamos conferir?

Proporciona mais tranquilidade

Geralmente o dia costuma ser mais agitado. Estudar à noite permite lidar com menor poluição sonora, para quem pretende estudar em casa como também em cursos presenciais. É uma questão de opção.

Para muitos, a noite acaba proporcionando certa tranquilidade por não haver tantas interrupções já que maior número de pessoas não está na ativa. Ainda se permite a sensação de bom aproveitamento do seu tempo útil, o que favorece o rendimento e a autoestima.

Aumenta a concentração

Para muitos, a concentração é bem favorecida à noite, quando se permite ao cérebro se desligar do “estado de alerta”, como geralmente acontece durante o dia, quando a rotina exige atenção a muitos focos ao mesmo tempo, o que acaba comprometendo a concentração em um único foco.

Estimula a criatividade

Sem ter que focar, como durante o dia, nos muitos compromissos, que muitas vezes requerem solução imediata, uma rotina de estudos à noite permite estabelecer um planejamento para seguir.

E mais descompromissado, você libera a criatividade permitindo estimular seu desempenho e rendimento acadêmico, processando melhor os conteúdos para organizar seu aprendizado. Sem interrupções, atividades práticas como pesquisas, redação, cálculos acabam sendo favorecidos de modo a melhorar a qualificação profissional.

Permite conciliar estudo e trabalho

Muitos alunos ingressam na Universidade já atuando no mercado de trabalho, já que concentrar os estudos no período noturno permite conciliar essa rotina. Além disso, ter disponibilidade durante o dia também pode fazer toda a diferença para conseguir novas oportunidades de emprego ou estágio.

Isso porque, tanto a maioria das entrevistas quanto as vagas oferecidas pelas empresas são realizadas durante o dia, em horário comercial. Vale lembrar que o estágio é uma etapa essencial para colocar em prática o conhecimento obtido e ganhar experiência.

Possibilita ampliar o networking

Os alunos adeptos ao aprendizado noturno tendem a ser mais maduros em comparação aos diurnos, inclusive, alguns já estão inseridos ou atuam próximo da área de graduação. Por exemplo, você pode encontrar uma secretária de advocacia que estuda Direito ou uma recepcionista de hospital estudante de Enfermagem. Isso é ótimo para aumentar a rede de contatos específicos de sua área.

Assim, além de conhecer de perto a profissão que pretende atuar, por meio da troca de aprendizado com as situações do dia a dia, você ganha a oportunidade de criar laços capazes de abrir portas de estágio ou emprego.

Veja três dicas para obter o melhor rendimento

Se você chegou até aqui, é sinal de que tem interesse em concentrar os estudos à noite, verdade? Por isso, separamos este bônus para ajudar com sua rotina noturna. Agora, você precisa adotar hábitos responsáveis por estimular o cérebro e facilitar a aprendizagem. Acompanhe quais são.

1. Mantenha uma rotina de estudos

Manter a frequência de estudos ajuda a aproveitar melhor o tempo e garantir o cumprimento das tarefas. Portanto crie um cronograma de metas de aprendizagem, de modo que os objetivos sejam divididos em pequenos alvos a serem alcançados. Com isso, você desenvolve novos comportamentos para tornar essa prática uma rotina.

Alguns aplicativos podem ajudar com a organização e lembretes diários, como:

  • Trello;
  • Todoist;
  • Evernote;
  • EasilyDo.

2. Durma bem

Sabe todas as vantagens listadas sobre estudar à noite? De nada adiantam se você não tiver uma boa noite de sono. Além de o cérebro precisar reduzir as atividades neurais para reter a memória depois do aprendizado, dormir bem estimula essa conexão, construindo novas memórias e consolidando informações que podem ter passado despercebidas.

Por isso, esqueça essa ideia de tomar cafeína ou outros estimulantes que cortam o sono. Seu corpo precisa dele para absorver o conhecimento e se preparar para o dia seguinte. Então, se o pensamento estiver acelerado, você pode tentar:

  • desligar a TV;
  • escurecer o ambiente;
  • usar protetor de ouvidos;
  • concentrar-se em sua respiração.

3. Tenha equilíbrio entre lazer e estudo

Sabemos a importância de focar nos estudos, porém o lazer e bem-estar não podem ser deixados de lado. É preciso encontrar um equilíbrio entre eles, caso contrário, o excesso de cansaço físico e mental vai comprometer o desenvolvimento da aprendizagem.

Separe um tempo para os hobbies, sair com amigos e ficar com a família. Fazer atividades físicas com frequência também ajuda a vencer o cansaço e transformar a rotina de estudos em uma prática prazerosa.

A verdade é que não existe o melhor horário de estudar, pois, tanto o período diurno quanto o noturno têm seus benefícios. O importante é analisar seus objetivos atuais e futuros na hora da escolha e considerar o tempo da graduação. Assim, você vai analisar os prós e contras de estudar à noite ou durante o dia e conseguirá escolher aquele que atende as suas expectativas.

O que achou das nossas dicas? Percebe a importância de conhecer o mercado e sua vocação na escolha do curso? Então, siga-nos nas redes sociais e receba mais conteúdos como este. Estamos no Facebook, Twitter, YouTube e Instagram!

Comentários