Futuro a decidir: Ou melhor: que tal fazer esse teste?

Hoje em dia, existe um leque muito grande de carreiras a seguir, deixando a cabeça do jovem bastante confusa, quando se trata de decidir em que curso ingressar em uma faculdade. Embora a grande maioria procure algo com uma ótima estabilidade financeira, outros abominam essa ideia e escolhem uma profissão com que mais se identifica e de que gosta.

Porém, muitas vezes, os obstáculos nessa decisão são vários diante de uma carreira de sucesso. A influência dos pais e professores pode arruinar aquele sonho de infância. Mas antes de bater aquele desespero, que tal realizar um teste vocacional?

O teste é feito por psicólogos e educadores preparados para analisar o pré-vestibulando que não consegue definir um caminho para sua futura realização profissional. Ao avaliar seus interesses e aptidões, é possível identificar uma vocação. E a prova é feita em três etapas: Autoconhecimento, informação profissional e projeto de futuro.

A primeira etapa é ligada a conhecer os dados pessoais do estudante, ou seja, sua personalidade e conduta familiar. Na segunda, as opções de carreiras são analisadas por quem está fazendo o teste. Ele deve pesquisar a oferta de emprego e o salário com um profissional da área e também fazer visitas às empresas e instituições. Já na terceira e última etapa, o futuro acadêmico faz um resumo do que aprendeu, analisa as vantagens e desvantagens da profissão e expõe sua ideia final para o orientador, para que juntos possam decidir qual a melhor alternativa.

Animado? A gente separou cinco motivos para você fazer um teste vocacional profissional:

1- Indecisão: Na hora que o ensino médio chega ao fim, ficamos meio pressionados e já não temos mais certeza de nada. O teste ajuda a direcionar pra área mais a ver com você.
2- Autoconhecimento: Fazendo o teste você se conhece mais, descobre coisas que talvez nem soubesse se não o tivesse feito.
3- Conhecer novas áreas: Às vezes você até descobre alguma área de que não tinha conhecimento e pode acabar se interessando mais sobre.
4- Tempo: essa dica só vale para quem for fazer o teste em casa. A realização de um teste na internet é ilimitada. Portanto separe uma hora do seu dia para concluí-lo.
5- Pressão; Querendo ou não, este é um fator que mexe muito com o jovem. Pais e familiares tentando decidir o futuro profissional do vestibulando, e o fazendo optar e trocar de curso inúmeras vezes, por conta da opinião de quem está perto.

Depende de cada um pensar e fazer a sua escolha; o teste é rápido, fácil e ajuda muito!

Comentários