Como estudar para o vestibular equilibrando sua vida

Na hora dos estudos o indicado pelos especialistas é ter equilibro. Equilíbrio na alimentação, na quantidade de horas estudando, ao praticar exercícios, enfim, tudo o que proporcionar equilíbrio da mente com o corpo. Mas a questão é, como estudar para o vestibular e fazer todo o restante?

Muitos acham que quanto mais estudar mais estarão aprendendo, porém não se dão conta de que a partir de um certo tempo o nosso cérebro bloqueia e para de receber as informações necessárias, sendo “em vão” qualquer tentativa de aprendizado. E é nesse momento em que se deve parar para fazer exercícios ou se distrair vendo filmes, ou até mesmo dar um cochilo e fazer um lanche.

Como estudar para o vestibular: dicas

Para evitar o bloqueio o indicado é estudar, no máximo, 6 horas por dia, com intervalos para o almoço, lanche da tarde e esporte, sendo essencial o sono da noite de 8 horas diárias. Isso faz com que o seu corpo não sinta cansado e crie uma resistência maior até na hora de fazer a prova, aumentando a sua capacidade de concentração nas questões e na redação.

Alimentar-se corretamente nesse caso ajuda muito, pois dependendo do alimento seu rendimento nos estudos, foco e energia serão maiores. Nutricionistas dizem que é bom comer em um intervalo de três em três horas, para que o nosso corpo gaste e produza a quantidade exata de energia.

Como estudar para o vestibular: alimentação

Vegetais da cor verde como o espinafre, a couve, alface e brócolis ajudam a produzir potássio e vitaminas essenciais ao nosso organismo. Já as frutas da cor vermelha como a goiaba, framboesa, pitanga e romã auxiliam a combater o stress, algo bem comum e relevante nessa etapa na vida dos pré-vestibulando. E uma boa notícia aos chocólatras: vocês não precisam cortar o seu combustível da dieta, até porque em quantidade certa ele é ótimo para dar energia.

Como estudar para o vestibular: exercício físico
Brown hair woman with headphones jogging

Falando nisso, a energia adquirida durante a alimentação deve ser gasta, até porque ninguém quer ganhar peso durante essa fase não é mesmo?  Exercícios diários pelo menos de duas a três vezes na semana são excepcionais, porque além de não deixarem os quilinhos a mais tomarem conta do nosso corpo, ele também relaxa a nossa musculatura dando maior tranquilidade a nossa mente. No entanto é aconselhável praticar esportes no final da tarde, depois de ter comprido com a meta diária de estudos. Mas lembre-se, faça exercício físico pelo menos umas quatro horas antes de se deitar para dormir.

As horas de sono diariamente são indispensáveis, já que ninguém quer correr o risco de dormir durante o dia da prova (rs). Como as oito horas diárias são o mínimo para que seu corpo e sua mente descansem, caso você possa dormir mais seria bom também, só não exagere porque, como dizem, tudo em excesso faz mal. O sono por muito tempo causa preguiça, moleza e até mais indisposição, fazendo com que seu olho pese mais e seu rendimento tanto para estudo quanto para exercícios caia bastante.

A junção entre essas coisas faladas hoje fazem a sua mente e o seu corpo se manterem em um equilíbrio, mostrando todos os dias como estudar para o vestibular sem precisar tirar uma rotina saudável e gostosa da sua vida nesse período.

Bons estudos e boa prova!

Comentários