Como conseguir o primeiro emprego: 5 dicas essenciais para se dar bem

Após concluir a graduação, chega o momento de saber como conseguir o primeiro emprego. No entanto essa tarefa pode não ser muito fácil, pois recém-formados costumam cometer alguns erros, especialmente nas entrevistas.

Além disso, com a alta competitividade no mercado de trabalho, o tempo para alcançar esse objetivo pode demorar mais que o esperado. Assim, revela-se importante estar munido de alguns conhecimentos fundamentais para acelerar o processo.

Então, para você conquistar um trabalho sem maiores dores de cabeça, resolvemos elaborar este artigo. Aqui, mostramos 5 dicas essenciais e ainda falamos sobre alguns deslizes que não devem ser cometidos em entrevistas. Confira!

Saiba como conseguir o primeiro emprego sem dor de cabeça

O medo de não conseguir o primeiro emprego por não ter experiência pode ser bem grande para os recém-formados, não é? No entanto saiba que isso não precisa ser um impedimento em busca do trabalho ideal.

Afinal, ao seguir estas 5 dicas, todo esse processo será bem tranquilo e o menos desgastante possível. Está pronto? Então, vamos adiante!

1. Capacite-se sempre que tiver a oportunidade

Se você deseja se destacar no mercado de trabalho, não pode ficar satisfeito apenas com o diploma da graduação. Então, utilize o tempo livre sem emprego para melhorar a qualificação profissional.

Existem diversos cursos gratuitos pela internet nas mais diferentes áreas, portanto, falta de dinheiro não é desculpa para não se capacitar, certo? Ao concluí-los, você verá que eles fizeram a diferença na sua formação como profissional.

Além disso, já no processo seletivo, você pode citá-los e mostrar como a teoria é aplicada na prática, explicando como os cursos ajudaram a moldar seu conhecimento. Essa atitude costuma ser valorizada pelos recrutadores.

2. Faça trabalhos voluntários

Trabalhos voluntários são ótimas oportunidades para que você comece a entender a dinâmica do mercado e desenvolva o lado prático da sua área de conhecimento. Aliás, ainda podem se tornar um diferencial para a carreira.

Há organizações internacionais voltadas para o trabalho voluntário em diferentes áreas, como o empreendedorismo social e intercâmbio/turismo. Elas ajudam a construir um networking que pode, inclusive, resultar na conquista de um emprego, além de fornecer uma experiência prática fundamental para quem ainda não conseguiu um trabalho de carteira assinada.

Outra opção é procurar Organizações Não Governamentais (ONGs) onde você mora e que precisam de profissionais da sua formação. Nessa etapa, é mais interessante ainda buscar uma causa com a qual você verdadeiramente se identifique.

3. Prepare o currículo de acordo com a vaga

Na hora de elaborar o currículo, pense nele como seu principal cartão de visitas. Lembre-se de que a primeira impressão, muitas vezes, pode ser crucial na busca por um emprego. Sendo assim, erros não devem ser cometidos ao elaborar o documento.

Uma dica importante é fazer um currículo de acordo com cada vaga à qual você pretende se candidatar, pois há diferenças tanto em relação às empresas quanto às exigências na ocupação dos cargos.

Desse modo, é importante que o currículo seja direcionado à vaga, constando apenas informações relevantes para ela. Se você fizer e utilizar apenas um modelo genérico, será mais difícil conseguir o primeiro emprego.

4. Use a internet ao seu favor

Atualmente, a Internet é uma das principais portas de entrada para conquistar vagas de emprego, já que não faltam plataformas destinadas a isso. Então, se você ainda não tem cadastro nos portais mais conhecidos, como o Vagas, está na hora de mudar essa situação.

Além disso, o LinkedIn é uma ótima forma de encontrar cargos disponíveis e, ao mesmo tempo, alimentar sua imagem profissional. Ao publicar textos ou conteúdos interessantes, você se torna mais atraente para sua rede de contatos e, ainda, pode atrair a atenção de recrutadores.

Outra rede social que ajuda muitas pessoas a conquistarem trabalho é o Facebook. Mesmo sendo uma plataforma voltada para o entretenimento, existem grupos feitos especialmente para profissionais de diferentes áreas. Com isso, vagas de emprego são publicadas frequentemente. Basta você entrar naquele relacionado a sua formação e esperar novas oportunidades surgirem.

5. Não tenha medo de começar de baixo

Por ser inexperiente, é importante não se iludir e desejar incansavelmente um emprego que não pode alcançar no momento. Certo, você também não deve aceitar qualquer trabalho, mas é necessário ter em mente que, muitas vezes, começamos de baixo e vamos crescendo gradualmente.

Desse modo, busque oportunidades em empresas que você gostaria de trabalhar e não sinta receio ao se candidatar a cargos menores. Uma vez lá dentro, comece a mostrar o seu valor e, eventualmente, as recompensas vão chegar.

Isso demonstra que, na busca sobre como conseguir o primeiro emprego, você não pode ser orgulhoso e procurar apenas posições que exigem anos de experiência. Como está apenas começando, o seu cargo precisa ser condizente com sua experiência; porém você não precisa se desvalorizar, apenas reconhecer a situação na qual se encontra.

Bônus! 3 erros para não cometer em sua entrevista de emprego

Você foi chamado para uma entrevista de emprego e já bateu aquela ansiedade? Então, para dar tudo certo, é fundamental não cometer alguns erros que podem tirar a sua chance. Confira 3 deles a seguir!

Ser arrogante

Uma das atitudes mais criticadas por recrutadores é a arrogância. Ela pode surgir, principalmente, por excesso de confiança; então, saiba dosar isso. É importante demonstrar humildade durante a entrevista, perguntando, por exemplo, sobre o dia a dia do profissional no cargo ao qual está se candidatando e sobre a empresa.

Não saber falar sobre si mesmo

Antes de ir para a entrevista, é preciso recapitular sua formação e suas experiências − trabalhos voluntários, estágios, entre outros −, pensando em como “linkar essas informações com a descrição da vaga. Existem muitos candidatos que não sabem falar sobre si, ou seja, tenha esses itens na ponta da língua para não pisar na bola ao conversar com o recrutador.

Não tomar cuidado com a postura

O modo como você se porta é fundamental para a avaliação do recrutador. Isso significa que desde a escolha da vestimenta até o modo como se senta serão analisados, portanto, saiba se comportar corretamente, seja simpático e demonstre profissionalismo.

Ao absorver todas estas dicas sobre como conseguir o primeiro emprego, você estará mais preparado para candidatar-se às vagas e entrar no mercado de trabalho. Por isso, comece hoje mesmo a colocá-las em prática!

Gostou deste conteúdo? Então, assine nossa newsletter para receber novos artigos diretamente no seu e-mail!

Comentários