Saiba como aproveitar a graduação ao máximo com essas 6 dicas!

Este texto é para quem tem dúvidas sobre como aproveitar a graduação da melhor forma possível. Principalmente para quem nunca frequentou uma universidade, o curso superior pode ser uma experiência totalmente nova e inesperada. Sendo assim, escrevemos este pequeno guia para preparar você com dicas sobre o que fazer nesses anos tão importantes.

Reunimos seis ideias vindas de quem entende bem sobre essa experiência. O mais importante é que você cresça pessoal e profissionalmente nesse tempo. Por isso, preste atenção na leitura e fique mais preparado para enfrentar a graduação. Vamos lá?

Saiba como aproveitar a graduação e se preparar para o futuro

A experiência da graduação é um momento de experimentação e conhecimento geral do campo de trabalho. É apenas depois desse momento que você identificará que tipo de profissional quer ser e, então, encontrará os caminhos para se especializar e trabalhar no nicho em questão.

1. Faça um estágio

Alguns cursos exigem este critério como parte de sua grade curricular, enquanto outros já o têm como uma possibilidade de aproveitamento de créditos. De uma forma ou de outra, o ideal é não deixar de fazer um estágio enquanto estiver na graduação.

Mesmo que não receba por isso, a experiência profissional e a carga horária trabalhada podem ser úteis para conseguir créditos curriculares. É também uma chance de entrar em contato diretamente com a prática − e, inclusive, abrir portas para você realmente se lançar no mercado de trabalho.

É muito comum histórias de profissionais que foram contratados após uma experiência interessante de estágio na empresa, portanto, não perca essa oportunidade de se aproximar do mundo profissional!

2. Participe de projetos de pesquisa e extensão

Além dos estágios curriculares ou externos, também é possível trabalhar a partir da própria universidade no seu tempo de estudante. É sempre possível vincular-se a laboratórios ou grupos de pesquisa e aprender diretamente um dos ofícios mais importantes de um instituto de ensino.

Caso tenha interesse pela carreira acadêmica, é uma chance de se vincular aos profissionais que já estão executando esse trabalho — de modo a facilitar sua entrada para um mestrado ou outro tipo de pós-graduação no futuro, melhorando também a qualificação profissional.

Ainda, os núcleos, laboratórios e graduações, muitas vezes, contam com projetos de extensão — práticas oferecidas pela universidade ao público externo. É uma espécie de estágio supervisionado, mas que se mistura também com a pesquisa. Assim, você conseguirá tanto trabalhar na prática com o público externo quanto pensar e levantar dados sobre essas ações.

3. Realize um intercâmbio acadêmico

Frequentemente, estudantes ou profissionais já formados recordam-se do intercâmbio como o momento mais importante de sua experiência na universidade. De fato, esta é uma oportunidade única de conhecer outras realidades, tanto do ponto de vista cultural quanto das práticas de ensino.

Além de tudo, as universidades costumam ter programas e, até mesmo, bolsas para intercâmbio, facilitando a vida de quem nunca teve a possibilidade de passar um tempo fora. Lembrando que, ao contrário do que se pensa, nem todo intercâmbio precisa ser para outro país.

Você pode ter uma experiência igualmente satisfatória ao passar um semestre em outra universidade do país, por exemplo. São formatos mais acessíveis e proporcionam as mesmas vantagens dos outros, no sentido de abrir portas para a novidade e oferecer experiências com outras culturas.

4. Faça disciplinas optativas e eletivas

Cada curso tem uma quantidade maior ou menor de disciplinas optativas necessárias para se graduar. Seja como for, escolha bem aquelas que você fará. É sua chance de criar seu próprio currículo e ter acesso ou conhecer os temas que realmente são de seu interesse.

Além disso, as disciplinas eletivas, feitas em outro curso dentro da universidade, são vias muito interessantes de conhecer outros tipos de pensamento dentro de sua instituição de ensino.

Procure fazer essas disciplinas em formações totalmente diferentes da sua, se possível, pois você poderá ter um ponto de vista mais amplo sobre os processos educacionais e entender outros temas que não sejam apenas os da sua área.

5. Aprenda novos idiomas

Outra oportunidade vantajosa oferecida pelas universidades são os cursos de idioma. Praticamente qualquer universidade tem em sua grade o acesso ao ensino de outras línguas, geralmente a baixos custos ou com bolsas e outras formas de acesso. Por isso, logo no início do semestre já é bom correr atrás disso.

A primeira e mais acertada opção é sempre o inglês. Caso não tenha um bom domínio desse idioma, vale a pena investir no aprendizado, já que ainda é a língua mais importante mundialmente, do ponto de vista do trabalho e da educação.

Se já tem um bom inglês, existe sempre a possibilidade de buscar outras línguas, como o francês, o alemão ou até o chinês, cada dia mais popular. É possível alinhar o curso de idiomas escolhido com as suas pretensões profissionais e a área em que estuda.

6. Pegue uma quantidade razoável de matérias em cada semestre

Um erro comum de estudantes de graduação é pegar um número errado de disciplinas em determinado período − tanto para cima quanto para baixo. É importante pensar com cuidado sua grade de horários, para que você possa fazer outras atividades extracurriculares, mas sem prender demais a sua graduação.

Normalmente, peca-se pelo excesso. Estudantes acabam por pegar disciplinas demais e não dão conta sequer de terminá-las, que dirá fazer outras atividades. Você pode desenvolver esse equilíbrio ao observar sempre a quantidade de matérias obrigatórias daquele semestre. A partir disso, escolha quanto tempo de sobra tem para fazer optativas ou conseguir um estágio.

A UCDB, com toda infraestrutura disponível para os acadêmicos, oferece vagas de estágios remunerados e obrigatórios, conta com um setor de Relações Internacionais e parcerias com dezenas de instituições no Brasil e no exterior, possui inúmeros projetos de pesquisa e de extensão, conta com a UCDB Idiomas, que disponibiliza aulas em seis idiomas e inicia, em 2020, o projeto Trilhas, que oferece a oportunidade para o aluno cursar disciplinas em outras graduações presenciais e a distância e receber certificado.

O que achou de nossas dicas sobre graduação? Siga-nos nas redes sociais e entre em contato com outros conteúdos como este! Estamos no Facebook, no Instagram, no YouTube e no Twitter!

Comentários